Procurar:

Sobre a televisão: o desencontro de horários

Share it Please
É por demais conhecido que a grelha televisiva ao dispor do espectador funciona muito na base daquele que é o público alvo em diferentes horários e como tal nem sempre a programação vai ao encontro do espectador que não se encaixe nessa base do público alvo de um determinado período do dia.
Aparte dessa possibilidade, há lugar na nossa televisão a uma prática que perfeitamente implementada e desavergonhada que é estimular públicos alvo a adaptarem-se a segmentos horários que não seriam os seus. Tratando de exemplos, refiro por exemplo novelas como a Floribela ou Chiquititas, muito apetecíveis do público infantil, mas que são exibidas em horários impróprios para quem necessita de dormir horas extra, como são as crianças. Ainda no universo das novelas, tenho a dizer que é escandalosa a forma como se arrastam episódios ou exibições pela noite dentro, tornando o horário de começo da exibição sucessivamente mais tarde.
A nível das séries, as grelhas contemplam a sua exibição em horário demasiado tardios para quem cumpre horários diurnos, o que se traduz nessa promoção de alteração de hábitos por parte dos públicos alvo, tentando-os a abdicar do sono.
Mesmo no campo da informação, não se entende por vezes como é possível fazer durar certos programas ou telejornais. O Prós-e-Contras, um grande programa da nossa televisão, termina a horas escandalosas, desencorajando sequer a sua visualização inicial sabendo de antemão a impossibilidade de ficar até ao fim.
Ainda não está devidamente alastrada essa nova vertente televisiva em que o espectador pode visualizar quando quiser determinados conteúdos, gravando-os no disco do equipamento da televisão, e visualizando-os quando quiser e quantas vezes quiser. Isso irá salvar a audiência portuguesa de uma cada vez mais subversiva modalidade de controlo e provocação por parte de uma televisão exploradora e provocadora, que quer espaço para si nem que isso implique brincar com os outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...