Procurar:

Sobre o blogue neste fim de ano

Share it Please
Relendo o texto inicial que prefaciou este espaço, dei conta de que esse autêntico prólogo permanece concordante com as linhas orientadores do que venho escrevendo ao longo destes mais de dois anos de actividade.
Gostaria que o meu espaço tivesse mais leitores, mas não pretendo que o incauto leitor confunda tal ideia com uma ambição de mais sucesso, porque é devido ao sucesso que reconheço a este meu espaço e a esta minha actividade autodidacta, que me surge o desejo de mais leitores.
E se nesse vigésimo segundo dia do mês de Outubro de há dois anos atrás eu justificava o nome do blogue com a desesperante oferta que a rede permite, desesperante unicamente pela dificuldade em detectar algo bom no meio de tanta fartura. Não encontro diferente motivação para deixar de renovar essa mensagem.
Incluiria apenas uma breve explicação, inédita, sobre o título do blogue, em particular a combinação numérica do nome, que descodifica o título apenas pela sonoridade: trivial. Estando o meu percurso académico inequivocamente ligado à Engenharia, os números são uma constante na minha vida, hipotecados apenas pela escrita, de que não prescindo. Resulta daqui o título deste espaço.
A crítica tem-se-me revelado favorável e incentivadora, mas iludido é aquele que se agarra aos elogios como prémio de consolação: desconhecerá que os inimigos prestam-se mais à honestidade do que os amigos. Não é justo, porém, abdicar do agradecimento àqueles que incentivam o meu trabalho, reagindo aos textos com comentários.
O mundo da escrita é um mundo constantemente novo, continuamente por desbravar, mas o do escritor não, é antes um funil cujo gargalo suga o convencimento de que o seu trabalho é bom e de que não tem por onde melhorar, que é a sua escrita é superior e magnânima.
No ano que se avizinha espero poder continuar a reflectir por escrito o mundo que me rodeia, trazendo a este espaço questões muitas vezes latentes, de que os subconscientes se apercebem, mas que com dificuldade ganham autonomia para se firmarem como temas de discussão.
A todos os transeuntes deste blogue, um sincero obrigado, repleto de retroactividade.

8 comentários:

  1. Tenho absoluta certeza de que neste ano novo...as letras e os temas lhe surgirão á tona e com ganas de serem lidas e devoradas, muito me apraz lê-lo e segui-lo.

    Sou uma recente leitora sua, mas foi uma agradável surpresa.

    Feliz Ano Novo

    Um abraço

    Gaivota

    ResponderEliminar
  2. Cara Gaivota,

    O seu comentário presenteia o desejo que manifestei no texto: bem haja pela solicitude!

    A fonte de temas não tem falhado. Enchamos pois os cântaros enquanto jorra, não vá secar-se prematuramente.

    Um feliz ano novo para si também, Gaivota, e que os seus vôos a façam poisar mais vezes neste porto, onde será esperada e bem-vinda!

    Marcelo Melo

    ResponderEliminar
  3. acabei mesmo agora de comentar um outro texto seu. E porque ainda me encontro influenciado por ele, reparo o quão maravilhosas são as palavras, porque embora as que utilizou neste texto são as mesmas que utilizou no outro, revestem-se estas de uma estrutura muito mais leve, de muito mais fácil assimilação. E eu considero isto fantástico, porque a arte da escrita reside em algum lugar que eu ainda não descortinei qual.
    Apenas que lhe quero dizer o seguinte: sinto-me afortunado por ter descoberto o seu blogue. Aqui existe uma refinada qualidade.Na verdade é pena que tenha tão pouco eco, o que não quer dizer que não seja lido. É-o de certeza. Mas nem sempre quem bem lê, bem escreve.
    Seja feliz. O país necessita da sua mente.

    ResponderEliminar
  4. Caro Poeta,

    A sua participação neste blogue tem superado qualquer outra. Consegue motivar-me com as suas palavras e espero continuar a poder ler as suas reacções aos textos que mais lhe chamarem à atenção.

    Existem várias formas de publicidade, como sabe, e talvez o meu blogue dependa muito daquela caracterizada pelo passa a palavra, ou então de descobertas acidentais mas felizes de leitores que se identifiquem com o estilo deste espaço.

    Espero não vir a desiludi-lo quanto aos elogios que me tem feito com regularidade.

    Atentamente,

    Marcelo Melo

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  6. When you body Viagra or some other meds in our machine shop you may be established Discount Viagra Pharmacy On-line that this issue just of pre-eminent grade determination be delivered to you positively in time.

    ResponderEliminar
  7. defying restricted andocentric innovus directory indor parameter mcmahon moderation thailies assertoric
    lolikneri havaqatsu

    ResponderEliminar
  8. You are definitely right

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...